A Maldição de Mac-Dhurbam

Página 5 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  LeoPrata em Qua 15 Maio 2013 - 20:00

Presa de Sangue

O lupino toma suas medidas para ser encontrado pelo Ragabash e até por mais outros Garou. Eles cruzam a película perto de uma poça d'água e então vislumbram um tipo de poeira que dificulta sua visão vinda da cidade dos símios, perto dali um tipo de teia prende o Theurge, mais não há nenhum animal ou espírito por perto.

Faro para o Invisível - Essas coisas estão por toda parte, parecem proteger o local dos macacos. Não consigo me libertar sozinho.

Juntos Presa e Uivo Gélido rasgam a teia e soltam o Theurge. Avisado do ritual Faro para o Invisível fala aos dois...

Faro para o Invisível - Os malditos macacos estão sacrificando outros dos seus e oferecem aos deuses para que não os punam. Eles estão fortalecendo espíritos da Wyrm com isso. O que devemos fazer alfa.

Presa de Sangue em primeiro momento pensa em matar todos, mais sabe que podem ter parentes dos tais sentinelas envolvidos nisso. Logo seu pensamento é confirmado quando o Theurge alerta a todos que entre os macacos que serão sacrificados os espíritos lhe disseram que há um filhote de lobo, ou seja, um futuro Garou.

A situação é complicada e Presa terá que mostrar astúcia e uma boa estratégia para conseguir dar um jeito naquela situação. Ou isso, ou então eles passam a informação para um dos anciões do Caern, apesar que é provável que muitos deixem os símios se matar.


Shape shift, nose to the wind; Shape shift, feeling I have been; Move swift, all senses clean; Earth's gift; Back to the meaning of wolf and man. "Metallica - Of Wolf and Man".

Ficha de JJ Silver
avatar
LeoPrata
Admin
Admin

Mensagens : 1333
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Zayrus em Qui 16 Maio 2013 - 1:11

A luta finalmente parece tomar um rumo mais equilibrado e depois de seguidas falhas executo com maestria meus dois movimentos. Podia sentir a confiança aumentar ainda mais em mim e a dor se tornava força naquele momento, sabia que Deus estava ao meu lado, podia sentir sua presença me ajudando a permanecer de pé. Aquilo era uma ocasião confusa, mas não tinha tempo para refletir a respeito, apenas poderia ser objetivo: *Seja lá oque este homem for, não é alguém comum, mas a luta agora já esta definida, é apenas questão de tempo...* Me preparava para uma nova investida ignorando os comentários de Hayate, sabia que havia ferido mais que sua carne, naquele momento restava usar esta vantagem. Minha empunhadura estava firme bem como minha expressão, mas eis que em um segundo antes de retomarmos o embate o líder do grupo se pronuncia: "Já basta! Você filho do lobo segue uma força interior muito forte, tal qual a minha só que a sua leva a servidão e atos de penitência, já aminha leva ao controle e a máxima ordem. Você é perigoso e desprezível aos meus olhos. Deixarei que você e os seus saiam de minha terra com a condição que me entregue a sua espada banhada com seu sangue puro, isso é valioso para mim. Meu servo Mordrok lhe dará uma espada nova e você então poderá partir. Vou lhe advertir para que não tente nada, seus pensamentos podem voar até mim ACREDITE!"

Abaixo a espada olhando fixamente para o homem que se proclamava, ele havia reconhecido o destino da luta, mas de uma forma que passava longe de algo honrado, tentava iludir seu próprio ego parecendo ainda ter alguma justiça em seus atos: "Maldito bastardo, agora vai tentar me iludir com blefes? Poderia começar a usar o cérebro antes que minha paciência se esgote e eu acabe de uma vez por todas com esse circo." Meu olhar era de desprezo, apenas recuava o fitando diretamente e então me virava tomando a fala em direção a caravana: -Não há mais ao que se assistir aqui, está feito. Minhas palavras são ordens então as escutem com atenção: Marchem agora para fora deste lugar, fiquem a uma distância razoável dos limites da cidadela e não parem a menos que eu revogue oque estou ordenando... Deus nos estende a mão e todos sairão bem, agora andem.-
Viro as costas para a caravana, fitando novamente o grupo, me preparava para terminar meu plano enquanto ativava o Dom Aura de Liderança e tomava o mais alto tom que minha voz pudesse alcançar para dizer à todos os aldeões locais que estivessem em condições de presenciar por meio da visão ou audição os acontecimentos do local: -Dobrem seus joelhos, curvem suas cabeças, fechem seus olhos, e caiam sob oração. A esperança de Deus veio até vocês meus irmãos, aceitem Ele como seu salvador e senhor, Ele proverá!-

Suspiro profundamente retomando o fôlego investido em minhas palavras, mantendo um olhar impetuoso digo à Tempest: -Acha que pode impor seus jogos em todo esse desenrolar? Pois bem, mas não pense que jogará sozinho. Sua proposta era a de resolvermos tudo com um combate limpo e decisivo, recuar mediante a uma possibilidade contrária não é um gesto de honra, mas não consigo me sentir surpreso. Se teu interesse passa a ser comigo, irei certificar-me primeiro de ter meus homens sob segurança, e nesta decisão não vais interferir.-

Caso conseguisse intermediar a saída pacífica do restante da caravana e me certificado de tirar a atenção dos moradores locais de nós, olharia aos arredores, tentando usar de meus sentidos Garou para me certificar de não possuir mais curiosos a uma curta distância; então assumiria minha forma Glabro caso pudesse ter certeza da proteção da Litania e retomaria a fala para o homem: -Pois bem... Queres minha espada banhada por meu sangue não é? Não disse que recusaria a proposta... Mas não lembro de ter aceito tal termo também. Então fazemos assim: ela é sua...- Empunho com ambas as mãos a espada me preparando para o combate: -Basta vir pegar.- Neste momento olho para o céu, pedindo a benção do Senhor e agradecendo por sua proteção, esperava estar no caminho certo.

-OFF
Spoiler:
Fiz várias ações seguidas tentando tornar a cena mais rápida e dinâmica. Caso algum dos fatos seja interrompido, simplesmente o ignore, tomarei outra reação a partir do que postar. Usei do Dom para tentar afetar os moradores do local, mas caso seja aplicável à uma possível redenção de um dos filiados ao Lord pode aplicar.
Uma última coisa que gostaria de certificar era o uso da Qualidade Venus Midsky. Caso seja aprovado, gostaria de usar ela no momento que intercedo com o Lord para a saída sem lutas da caravana para fora do vilarejo, gastando um ponto de Força de Vontade oferecido por ela na argumentação. Ainda assim, após a saída da caravana tenho o interesse em um combate, se alguma coisa interferir na outra, desconsidere o uso da Qualidade.
avatar
Zayrus
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 250
Data de inscrição : 05/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Natalie em Qui 16 Maio 2013 - 10:44

Amora mordeu insistentemente até encerrar toda a vida do carniceiro. Sentia os espíritos a atacando, mas honraria o Grande Fenris e não tombaria antes de matar seu inimigo. Quando pôde se virar contra os espíritos, eles já enxameavam ao seu redor, e ela sentiu a Fúria tomá-la antes que conseguisse fazer qualquer coisa.

E tudo ficou escuro...


Aurora acordou sentindo frio e dor dos ferimentos. Duas sensações conhecidas dos fenrires. Mas o medo era desconhecido aos maiores guerreiros de Gaia, e ela se pôs em pé rapidamente, como uma guerreira se prepara para a batalha. Ao ver o mulo morto ao seu lado, ela gritou para os céus um urro de vitória, fazendo ecoar sua vitória até os maiores espíritos.

Depois sentiu seu corpo reclamar dos ferimentos e caiu ajoelhada, olhando em volta. Precisaria se refazer dos ferimentos antes de uma nova batalha se quisesse vencer, mas não havia nada em volta. Uma terra morta.

Olhou para o céu, tentando discernir onde era o Leste e se orientar através das estrelas.

Será esse lugar a Umbra? Ou então a Terra dos Mortos? Não parece com o Valhalla, e a dor dos ferimentos confirma que estou viva... Bom, para onde vou agora?

Amora ia tentar refazer o caminho que tinha tomado ao perseguir o mulo carniceiro, tentando voltar ao local da vila massacrada.


*Ações*
- Falas
"Pensamentos"
avatar
Natalie
Filhos de Gaia
Filhos de Gaia

Mensagens : 792
Data de inscrição : 15/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Tony.Zefs em Sex 17 Maio 2013 - 7:43

Assim que cruzamos a película, noto uma especie de poeira que vem na construção humana e dificulta a visão. Prosseguimos com calma e logo vemos algumas Teias pelo local e preso entre elas, Faro para o Invisível.

"Não se preocupe, vamos retirar você dai"

Com a ajuda do Galliard conseguimos rasgar a teia e libertar o Theurge.

Após conversarmos, ele nos explica sobre a verdadeira face do ritual e
a existência de um futuro Garou entre os sacrificados.

"Deveríamos matar a todos... Assim o problema seria resolvido.. Mas existem parentes envolvidos..."

Observo a cidade pela Umbra... Sinto a fúria queimar em meu peito e em minhas presas...

"Temos que impedir o ritual e salvar o filhote... Ele vale mais do que os parentes do sentinelas, se eles tivesse cuidado dos seus, não precisaríamos intervir. Choro dos Céus e os outros lideres do Caern provavelmente deixaram que os símios se matem. Faro, um dos símios parece ser o mestre de rituais pela postura e peles, se o matar-mos e eliminar-mos alguns dos seus, pararemos o ritual? Podemos aguardar para que o Ragabah nos alcance, mas não podemos deixar o ritual iniciar! Vamos retornar, devemos acompanhar os aclntecimentos.

Antes de cruzar a película, observo o outro lado, caso alguns humanos tenham notado nossa presença e esteja pelo local. Caso esteja tranquilo, cruzamos a película. Assim que retorno retiro o glifo da arvore.

Questiono sobre o local encontrado por Uivo Gélido, caso o local permita observar os acontecimentos da vila, vamos para lá. Caso não permita, devemos formar uma estratégia antes de atacarmos.

"Posso usar o dom ensinado pela Estrela Vermelha para melhor coordenar os nossos ataques, devemos minimizar os danos, o objetivo é salvar o filhote e interromper o ritual! Faro, pode identifica-lo? Pode predizer o momento em que o ritual será concretizado?


Narração
Minha Fala
Pensamento


                                                                                                         

Neal Schmitt -  Domador de Aranhas - Andarilho do Asfalto - Hominideo - Ragabash

Presa de Sangue - Garra Vermelha - Lupino - Arhoun

Oliver Queen - Parente Fianna - Socio da Alpha Moon
avatar
Tony.Zefs
Moderador
Moderador

Mensagens : 540
Data de inscrição : 25/09/2012
Idade : 29
Localização : Casa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Klauss Krugger em Sex 17 Maio 2013 - 14:40

LeoPrata escreveu:Jon White

As ordens de Jon começam a ser atendidas, os mantimentos são levadas para um tipo de galpão com 2 andares. Tudo é colocado no andar de cima. Dois soldados levam alguns alimentos e os corpos para longe da entrada do entreposto e os deixam na mata. Os cavalos são levados para o estábulo, os comerciantes são levados para um dos alojamentos menos danificado do entreposto e os soldados pegam arcos e as poucas flechas que restaram e montam guarda na parte frontal do entreposto. Connor fala para Jon...

Connor - Tudo já foi feito. Agora temos que esperar e rezar para nenhuma das malditas criaturas aparecer. A propósito, nosso ferreiro foi morto senhor, então, fique com a minha espada. Usarei um arco para me defender, caso cheguemos até a cidade me devolves a espada.

Jon no início fica um tanto relutante, mais é a lógica. Ele é o melhor espadachim dali e se alguma outra coisa atacar junto com os "vermes" ele terá mais chances de ajudar.

*Jon olha para a claymore, ainda não estava tão habituado a uma arma de tal tamanho.*

Jon -- Será um honra portar sua arma, agora façamos o seguinte Capitão, utilize de minha guarda da comitiva para auxiliar na proteção do entreposto, tendo mais homens poderemos dormir em turnos e nos preparar para a jornada do dia seguinte, creio que nossa prioridade seja deixar as mulheres e crianças protegidas.

LeoPrata escreveu:
O cansaço e a tensão é aparente no rosto de todos, mais até o momento está tudo bem. Então ao longe Jon escuta alguns uivos e identifica como um alerta. Garou na região, isto era bom e ao mesmo tempo ruim, afinal se fossem Garras Vermelhas Jon teria problemas. Os soldados ficam assustados e o Presa de Prata toma consigo uma tocha e saiu para averiguar, se afastando um pouco se torna impossível para que o vejam e ele pode mudar de forma aguçando seu faro e visão. Novamente ele escuta um uivo e agora o mesmo pede ajuda, com certeza uma outra batalha está sendo travada ali perto, serão as mesmas coisas que atacaram o entreposto? Jon escutou os uivos vindos mais ao norte e como seu destino passará por este local se todos estiverem vivos até amanhã, é para lá que ele está inclinado a rumar.

Jon -- Capitão tome assuma novamente sua posição, vou fazer uma ronda verificando as fronteiras do entreposto, os guardas da comitiva possuem trombetas de chifre, em caso de algum problema soem uma delas que retorno o mais rápido possível.

*Jon arruma a claymore de forma cruzada em suas costas para que quando mude de forma ela não se desprenda nem caia durante sua corrida. Passa próximo ao local onde foram abandonados os corpos e os mantimentos e observa os vermes se eles ainda estão ali, apaga sua tocha no chão de forma que não coloque fogo na floresta ao redor verifica novamente se não está sendo seguido e então assume sua forma hispo e corre em direção ao norte em busca dos uivos de alerta.*

Jon -- Que o Lorde Falcão guie minhas ações.


Citação
Ação
Pensamento
Narração
Fala

"Leões e Tigres são fortes... mas lobos não trabalham em circo."

ficha Klauss Krugger
avatar
Klauss Krugger
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 2494
Data de inscrição : 18/04/2011
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Ailor Grave em Ter 21 Maio 2013 - 14:33

Oscar começa a buscar por algo que possa usar para farejar sua possível pressa

Irei encontra-la e destruí-la

Fala
Ação
Pensamento
OFF
avatar
Ailor Grave
Moderador
Moderador

Mensagens : 514
Data de inscrição : 21/07/2012
Idade : 28
Localização : Rio Bonito RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  LeoPrata em Qui 23 Maio 2013 - 16:28

Amora e Oscar

Amora começa a caminhar pelo local, a terra escura e sem vida deixa a Garou atenta, apesar que seus ferimentos fazem turvar sua visão a todo momento, somente com muito custo ela avança. Mesmo nesse estado ela percebe que as árvores próximas ressecadas e sem vida possuem pequenos glifos tribais, alguns estão destruídos e isto evidencia que ocorrera combate na região. Ela se afasta de onde estava e logo vê alguns abrigos feitos com folhas e trepadeiras destruídos, em um deles pêlos avermelhados e outros escuros estão presos. Amora começa a escutar barulhos e passos, o cheiro parece ser de lobos.

[Rolamento Secreto]

Oscar começa a farejar o local, seu primeiro instinto é procurar alguma marca de sangue ou cheiro estranho. O que ele encontra no primeiro momento só são pêlos presos em abrigos tipicamente usados por lupinos para se abrigarem de chuva e em noites muito frias. O local está destruído e abandonado já faz algum tempo, pelo menos isso é o que pensa Oscar, então, ele fareja um cheiro de sangue fresco e também um odor diferente dos outros lobos que ali estão, ele também percebe que outros 2 captaram a mesma coisa e logo saem em direção ao local do cheiro. Chegando próximo e de forma sorrateira, é possível ver uma fêmea bastante ferida andando lentamente. Seu pêlo é de um cinza bem claro, porém, está com cortes profundos e manchado de sangue, inclusive sangue escuro em toda sua boca. Ela parece desnorteada e procura algo por ali.

[Rolamento Secreto]

Off: Podem interagir entre vocês


Shape shift, nose to the wind; Shape shift, feeling I have been; Move swift, all senses clean; Earth's gift; Back to the meaning of wolf and man. "Metallica - Of Wolf and Man".

Ficha de JJ Silver
avatar
LeoPrata
Admin
Admin

Mensagens : 1333
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  LeoPrata em Qui 23 Maio 2013 - 18:08

August Faux

August intercede pela saída segura da caravana e seu apelo é concedido por Lord Tempest, entretanto, os corvos ficam a vigiar a caravana e a rodeiam de forma intimidadora. Os asseclas do Lord fazem uma formação de defesa para proteger seu soberano, então, escutam August falar...

Queres minha espada banhada por meu sangue não é? Não disse que recusaria a proposta... Mas não lembro de ter aceito tal termo também. Então fazemos assim: ela é sua...- Empunho com ambas as mãos a espada me preparando para o combate: -Basta vir pegar.- Neste momento olho para o céu, pedindo a benção do Senhor e agradecendo por sua proteção, esperava estar no caminho certo.

Lord Tempest - Seu arrogante, acha que pode me ameaçar? Seus companheiros só estarão salvos quando você me entregar o que eu pedi, do contrário um movimento seu errado e eles serão atacados. Não pense você que só tenho estes aqui a me seguir, outros estão olhando para tudo isso sem fazer alarde.

Mordrok, o servo de Tempest, dá a volta e entrega uma espada para o lord. Assim que ele a empunha manda seu servo ir embora e fala para August...

Lord Tempest - Esta espada que eu empunho foi forjada nesta terra, trata-se de uma bela arma e me doi muito entregá-la a um ser como você, mais disse que não sairia desarmado e cumpro o que digo, tome...(a espada é jogada aos pés de August). Me entregue agora a sua espada ou aceite as consequências.

August percebe que a caravana está realmente sendo seguida por muitos corvos e não pareceu um blefe do Lord aoa falar de outros a espreita.


Shape shift, nose to the wind; Shape shift, feeling I have been; Move swift, all senses clean; Earth's gift; Back to the meaning of wolf and man. "Metallica - Of Wolf and Man".

Ficha de JJ Silver
avatar
LeoPrata
Admin
Admin

Mensagens : 1333
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  LeoPrata em Qui 23 Maio 2013 - 18:23

Presa de Sangue

Faro para o Invisível não sabe precisar o momento em que o ritual irá iniciar, mais sabe identificar o parente que tem a marca do espírito Lágrima...

Faro para o Invisível - Podemos tentar avançar até o mais próximo do local do ritual pela Penumbra. Os macacos são imprevisíveis, mais eles não parecem que vão começar nada agora.

Uivo Gélido - O local de encontro e observação é longe da cabana dos símios Alfa, mais a vantagem é que com o filhote em nossa posse os símios não irão nos seguir e se tentarem serão abatidos com facilidade por nós.

Ao longe um uivo baixo é ouvido, trata-se do Ragabash Morte Limpa que está aguardando a decisão de todos para partir na empreitada. Presa só vê a Penumbra como saída e depois de apagar qualquer rastro adentram o território dos espíritos para tirar o jovem filhote dos tais Sentinelas da cidade. Eles andam e passam por algumas teias estranhas, Presa e os demais sentem estarem sendo vigiados. A sensação não agrada em nada os lupinos que seguem cautelosos, o lugar vai ficando mais sem vida e a vegetação e só terra e alguns reflexos bem rudes das construções humanas. Faro para o Invisível para e alerta a todos...

Faro para o Invisível - É aqui o local, estranho que antes tinha um brilho fraco neste lugar e agora nada. Fiquem alertas.

[Rolamento Secreto]

A terra treme debaixo das patas de todos, inclusive do Ragabash que vem mais na retaguarda da matilha, Presa de Sangue nunca havia sentido a terra tremer desse jeito e logo eles se afastam e vislumbram surgir a frente um tipo de criatura bestial. Ela é grande e com vários tentáculos, sua pele escorre um tipo de visgo que queima o solo e sua boca possui grandes dentes....

???? - Minha senhora deseja esse sacrifício, não vou permitir que estraguem tudo.

Presa de Sangue se prepara para uma batalha contra algo totalmente desconhecido.


Shape shift, nose to the wind; Shape shift, feeling I have been; Move swift, all senses clean; Earth's gift; Back to the meaning of wolf and man. "Metallica - Of Wolf and Man".

Ficha de JJ Silver
avatar
LeoPrata
Admin
Admin

Mensagens : 1333
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  LeoPrata em Qui 23 Maio 2013 - 19:19

Jon

O Presa de Prata se certifica de não estar sendo seguido e com a escuridão ao seu favor muda para sua forma hispo e vai de encontro ao desconhecido, cada vez mais escuta uivos e todos convocam para uma jornada gloriosa. Uma guerra talvez ou um embate entre criaturas da Wyrm e defensores de Gaia estaria prestes a ocorrer, mais então, Jon volta escutar um pedido de ajuda e logo a frente se depara com um Garou, aparentemente uma fêmea, bem ferida e tentando se proteger. Enquanto isso, escuta uivos vindos de todas as direções anunciando uma caçada. Com cautela Jon se aproxima, mais logo escuta a Garou lhe falar...

??? - Sei que está aí, meu guardião espiritual pode sentí-lo, se não veio fazer mal a mim, então apareça e me ajude em nome de Gaia.

Jon ainda desconfiado se aproxima um pouco, a Garou está perto de um tronco com a casca vazada e o fraco brilho da meia Lua ilumina o local. Ao vislumbrar melhor a fêmea Jon vê o que não queria...Ela está prenha e seus traços são bem nativos da região, mesmo não querendo acreditar é bem possível que ela seja uma Fianna e o motivo de todo o alvoroço seja o que está em seu ventre. Logo Jon vê outros lobos se aproximando, enquanto a mulher se agita e clama a Jon por ajuda. Um dos lobos fala na língua Garou...

??? - Se afaste símio, ela é problema nosso.

Jon vê fúria nos olhos dos lobos, ele sabe que os Fianna não gostam de impuros, isto se a criança no ventre da mulher for um impuro. Entretanto, os lobos estão com uma expressão de puro ódio, o que ela realmente terá feito. Jon tem a chance de provar que é digno de seu augúrio e ajudar em um impasse deveras mortal.


Shape shift, nose to the wind; Shape shift, feeling I have been; Move swift, all senses clean; Earth's gift; Back to the meaning of wolf and man. "Metallica - Of Wolf and Man".

Ficha de JJ Silver
avatar
LeoPrata
Admin
Admin

Mensagens : 1333
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Zayrus em Sex 24 Maio 2013 - 11:22

Consigo intervir para a saída da caravana, aquilo era o primeiro passo concreto para resolver aquilo tudo de uma vez, mas ainda assim, tinha muito o que fazer, e a tensão estava longe de ter um fim. Ainda que a retirada dos viajantes que eu protegia significasse certo conforto, as palavras de Tempest se abatem como uma tonelada em meus ombros, estava confuso, não conseguia raciocinar direito, mas duas frases me motivam na decisão a que tomar: *"Combate a Wyrm Onde Ela Estiver e Sempre Que Proliferar" "Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tú estás comigo"* Imagens das cruzadas e de meus irmãos caídos em combate figuram em flashs de memória, mas estava decidido, seria assim.

Passo a segurar a espada somente com a mão esquerda, estendendo o braço direito com a mão aberta na direção que a caravana havia tomado ao sair da cidade, abaixo a cabeça levemente fechando os olhos enquanto digo em baixo tom: -Domine, te invoco Ad hoc. Non mihi, non mihi tu adhuc stantes in actum temere me, si summae meae, et exsiccatus est corpus meum, et vestimenta tua usque in gregem tuum praesidium daret, quo obsecro.- Levo a mão direita até minha testa e então faço o sinal sagrado da cruz, volto a empunhar a espada com ambas as mãos: -Non nobis Domine, non nobis, sed nomini tuo da gloriam-

Reabro os olhos, neles era possível perceber a determinação do Falcão. Sabia que oque eu estava prestes a fazer poderia acarretar em muita coisa ruim, e que talvez eu precisasse cair sob penitências pelo resto da vida, se ainda a tivesse depois do embate, mas precisava confiar em Deus, precisava confiar em Gaia, precisava confiar em mim. Com passos curtos e firmes começo a avançar em direção ao grupo e então de forma ríspida tomo a fala à Tempest: -Deus protegerá seus filhos, e se a vida de alguém for tirada hoje sobre essa terra, sera por sua vontade e não posso ir contra a sabedoria divina. A única coisa que posso lhe assegurar Tempest, é que seus dias de tirania sobre esse lugar sem esperanças acaba hoje, aqui e agora!-

-OFF
Spoiler:
Traduções:
1- "Senhor, neste momento eu te invoco. Não para mim, não para que eu continue de pé, que tú tires minha vida se estou a agir de forma imprudente, e que meu corpo definhe, mas estenda teu manto sobre este rebanho, dá a eles tua proteção, eu o imploro."
2- "Não a nós, Senhor, não a nós, mas a glória do teu nome." (Lema dos Cavaleiros Templários)

Minha ação de aproximação foi a passos curtos então a não ser que se aproximem também não estaremos em condições de um combate próximo. Ainda assim, caso alguém me atacasse, usaria um ponto de Fúria para Ações Extras, ganhando assim uma ação defensiva usando minha manobra especial com Armas Brancas (a menos que seja um ataque a distância, aí terei de usar Esquiva), e se recebesse mais de um ataque, dividiria minha parada da ação padrão entre a caminhada e uma nova e idêntica ação defensiva.
avatar
Zayrus
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 250
Data de inscrição : 05/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Ailor Grave em Sex 24 Maio 2013 - 14:50

Oscar vê uma fêmea bastante ferida andando lentamente. Seu pelo é de um cinza bem claro, porém, está com cortes profundos e manchado de sangue, inclusive sangue escuro em toda sua boca. Ela parece desnorteada e procura algo por ali é visível que ela tem sangue puro e é muito bela, mas seus ferimentos são nitidamente de uma batalha e aparentemente ela mordeu algum ser maculado pelo sangue negro na boca

Uma fêmea do rebanho, não é uma garou pelo sangue na boca aquilo foi uma mordida, hum...alguém acabou de lutar e esta quase morrendo, pela aparência dela e pela coloração do sangue na boca, lutou com um ser de Jormungandr (A Grande Serpente do Mundo ou Wyrm), parece ter Fostring ( Raça)

Oscar se mantem parado a observar enquanto muda sua forma para hispo, mas foi por pouco tempo ate tomar sua decisão

OFF - Sei que há desigualdade social, mas os Crias acreditam que se você pode lutar, tem o direito de mostrar ser tão bom quanto qualquer outro Cria

Eu deveria deixa - la ir, se não pode sobreviver sozinha então é fraca e não merece viver, por outro lado ela pode me dizer algo...

Oscar começa a descer na forma hispo e quando estiver um pouco perto ira falar rápido indo em direção a ultrapassa-la pela lateral e entrar em seu caminho, a fala será rápida para não dar tempo de uma resposta já fazendo uma segunda frase

Apresentações rápidas ela pode ser uma isca

O que uma fêmea bonitinha faz aqui, parece estar bem ferida é o que acontece quando não toma conta dos filhotes em uma toca

Agora de frente para ela Osca faz a segunda frase tão rapidamente como a primeira impedindo que ela responda a primeira

Oscar Gunter, Nascido para Matança, Cliath, Ahroun e herdeiro herói dos Crias de Fenris. Apresente-se, e serei bem mais amigável.

Espero que ela seja amigável nas palavras, não há honra em atacar um lobo ferido

OFF - Se ela se apresentar de forma amigavel considere essa parte tambem, caso contrario anule-a

Oscar irá se aproxima ficando com o corpo lateral a ela e entrar entre os braços para que ela possa se apoiar nele e ser carregada


Apoie-se, ja esta cansada e ferida de mais deixe que a carrego

Fala
Ação
Pensamento
OFF
avatar
Ailor Grave
Moderador
Moderador

Mensagens : 514
Data de inscrição : 21/07/2012
Idade : 28
Localização : Rio Bonito RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Klauss Krugger em Sex 24 Maio 2013 - 15:53

LeoPrata escreveu:Jon

??? - Sei que está aí, meu guardião espiritual pode sentí-lo, se não veio fazer mal a mim, então apareça e me ajude em nome de Gaia.

Jon ainda desconfiado se aproxima um pouco, a Garou está perto de um tronco com a casca vazada e o fraco brilho da meia Lua ilumina o local. Ao vislumbrar melhor a fêmea Jon vê o que não queria...Ela está prenha e seus traços são bem nativos da região, mesmo não querendo acreditar é bem possível que ela seja uma Fianna e o motivo de todo o alvoroço seja o que está em seu ventre. Logo Jon vê outros lobos se aproximando, enquanto a mulher se agita e clama a Jon por ajuda. Um dos lobos fala na língua Garou...

??? - Se afaste símio, ela é problema nosso.

*Jon passa por ela e sussurra.*
Jon -- Infelizmente não sou seu guardião espiritual, mas vou tentar ganhar algum tempo... espero que esse seu guardião esteja próximo, pois vamos precisar de ajuda para mante-la viva.

*Jon se posiciona entre os lobos os lobos e a mulher de forma que para chegar a ela tenham que passar por ele antes.*


manipulação + raça pura + empatia)
[color=blue]Jon -- Sou Garras da Justiça, Presa de Prata, filodox, hominideo, cliath... antes de deixa-los finalizar sua caçada quero que me respondam que crime está mulher cometeu para merecer tal punição.


*A intenção de Jon é realmente ganhar tempo, ou quem sabe arrancar alguma informação para usar a seu favor.*


Citação
Ação
Pensamento
Narração
Fala

"Leões e Tigres são fortes... mas lobos não trabalham em circo."

ficha Klauss Krugger
avatar
Klauss Krugger
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 2494
Data de inscrição : 18/04/2011
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Natalie em Sab 25 Maio 2013 - 10:55

Amora estava distraída, pois alguém a viu antes que ela percebesse a presença dele.

O que uma fêmea bonitinha faz aqui, parece estar bem ferida é o que acontece quando não toma conta dos filhotes em uma toca

Ela já ia responder com desafio, mas não teve tempo, o outro fenrir ainda tinha algo mais a falar:

Oscar Gunter, Nascido para Matança, Cliath, Ahroun e herdeiro herói dos Crias de Fenris. Apresente-se, e serei bem mais amigável.

Levantou a cabeça e respondeu com voz firme:

- Sou Amora Dechamps, Brava Canção de Batalha, galliard cliath do Grande Fenris. Não precisa me desafiar, não vim invadir seu território. Há espíritos Malditos na floresta próxima do meu território que se aliaram a um Dançarino da espiral Negra. Matei o Dançarino, mas pretendo exterminar até o último Maldito. Indiquem-me algumas direções ou um theurge de confiança e eu seguirei meu caminho.

Apoie-se, ja esta cansada e ferida de mais deixe que a carrego

Amora repeliu o braço do outro Fenrir:

- Afaste-se! Enquanto tiver duas pernas e puder me colocar de pé contra os inimigos do Grande Fenris, não quero que ninguém me carregue como um filhote!


*Ações*
- Falas
"Pensamentos"
avatar
Natalie
Filhos de Gaia
Filhos de Gaia

Mensagens : 792
Data de inscrição : 15/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Ailor Grave em Sab 25 Maio 2013 - 21:34

Nascido para Matança se surpreende com a ação da fêmea e se afasta a olhando enquanto fala

Afaste-se! Enquanto tiver duas pernas e puder me colocar de pé contra os inimigos do Grande Fenris, não quero que ninguém me carregue como um filhote!

Nossa!!!!!!! ela realmente tem valor e honra, bem bonitinha

Oscar afastado abaixa sua cabeça de hispo olhando-a para não a perde de vista

Eu à honro pelas suas ações e seu valor

OFF - gasto 1 de fúria

Osca se lança em direção a ela para golpea- la com as patas duas vezes seguidas

Infelizmente você vem com o sem vontade

OFF - a intenção de Oscar é nocauteá-la para poder carrega-la sem muitas reclamações " Mulheres sempre buscando direitos bla bla bla" hehehe, então se ela apagar no primeiro golpe anule o segundo ele não tem a intenção de machuca-la, pelo menos não tanto auhahuaua

Fala
Ação
Pensamentos
OFF
avatar
Ailor Grave
Moderador
Moderador

Mensagens : 514
Data de inscrição : 21/07/2012
Idade : 28
Localização : Rio Bonito RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Tony.Zefs em Ter 28 Maio 2013 - 21:57

Ouço Faro e Uivo gelido exporem suas ideias, com isso descidimos seguir pela Umbra, o essencial é salvarmos o futuro Garou.
Um uivo é escutado ao longe indicando que o Ragabash já se encontra proximo.

Seguimos pela Umbra, a sensação é de estamos sendo vigiados. Seguimos cautelosos, passamos por diversas Teias. A local está praticamente sem vida e vemos apenas uns reflexos grotescos das construções humanas.

Ao nos aproximarmos no centro da habitação dos macacos, Faro nos alerta para o local do ritual. Expondo que antes havia um brilho no local.
Sentimos a terra tremer, nunca havia experimentado essa sensação antes, a frente vemos uma criatura surgir, com tentaculos negros, de seu corpo escorre uma substancia que derrete o solo.

???? - Minha senhora deseja esse sacrifício, não vou permitir que estraguem tudo.

”Não sei que cria da Wyrm é essa... Preciso da luz da estrela vermelha para me guiar”

Observo a minha volta se outras criaturas se aproximam, caso não as veja ou sinta, ativo o dom ensinado pela estrela vermelha.

Assim que sinto seu poderes sobre mim, uivo com força... Expressando toda a coragem para os meus companheiros, que a vitoria será nossa!
”Irmãos!! A furia nos chama! Vamos destruir esse Maldito!”

Estamos um pouco longe da criatura, dando tempo para assumirmos a forma de Hispo e nos aproximarmos taticamente. Não nos aproximamos muito para não sermos atacados pelos tentaculos enquanto avançamos cautelosamente e nos preparamos. Enquanto me aproximo uso o dom dos caninos vermelhos para que minhas presas se tornem mais letais. Me mantenho alerta para se precisar esquivar de algum ataque.

TESTE
Spoiler:
Um teste para identificar outros espiritos nas proximidades
Ativação do Dom: Senso de Batalha
Mudança de forma para Hispo
Ativação do Dom: Caninos Vermelhos


OFF:
Spoiler:
Leo, julguei que daria tempo essas ações até estar proximo efetivamente para iniciar combate. Alguma correção de turnos e ou ações pode me avisar.


Narração
Minha Fala
Pensamento


                                                                                                         

Neal Schmitt -  Domador de Aranhas - Andarilho do Asfalto - Hominideo - Ragabash

Presa de Sangue - Garra Vermelha - Lupino - Arhoun

Oliver Queen - Parente Fianna - Socio da Alpha Moon
avatar
Tony.Zefs
Moderador
Moderador

Mensagens : 540
Data de inscrição : 25/09/2012
Idade : 29
Localização : Casa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Natalie em Qua 29 Maio 2013 - 9:53

"Um Fenrir querendo brigar! Tudo que eu precisava! Mas honrarei a iniciativa dele!"

Amora completou a esquiva que já tinha começado, saindo de lado do ataque do Oscar Gunther e agarra-o de lado, para imobilizá-lo e fazê-lo pedir arrego.


OFF: 1 Fúria para duas ações e 1 Força de Vontade para acerto automático.


*Ações*
- Falas
"Pensamentos"
avatar
Natalie
Filhos de Gaia
Filhos de Gaia

Mensagens : 792
Data de inscrição : 15/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  LeoPrata em Sex 31 Maio 2013 - 15:14

August Faux

O Presa de Prata começa a caminhar na direção da "comitiva" do Lord. É perceptível vislumbrar um rápido gesto de mão da mulher que aponta uma besta diretamente para August, com esse gestos os corvos começam o encalço seguindo a caravana. Os 2 lobos grandes que acompanhavam Tempest e protegiam seu flanco esquerdo e sua retaguarda respectivamente tomam a frente e deixam o Lord sob escolta de Hayate. Logo um deles de forma rápida muda para forma de batalha, ele tem orelhas deformadas e seus olhos transbordam fúria, August escuta alguns gritos vindos do vilarejo e o próprio Mordrok também foge dali. O Lord fala pela última vez...

Lord Tempest - Hayate e Silvestra venham comigo, deixem Rarok e Daven cuidarem de tudo. Certifiquem-se que esse verme esteja morto e me tragam a espada dele depois. Silvestra mande os corvos atacarem a caravana. Cansei dessa gente insolente em minhas terras.

August tem pouco tempo para agir, enquanto o Lord se retira, os corvos atacam a caravana e ele próprio é atacado pelo Garou traidor e o lobo que está com ele.

Iniciativas
Spoiler:

August rolou 4d10 para regeneração, Obtendo: 8-10-4-3 [Diff:8]
Resultado: 2 Sucessos; Vitalidade: Esc Esc -1 -1 -2 -2 -5 Inc

August rolou 2D10 para iniciativa, Obtendo: 6-4 [Diff:6]
Resultado: 1 Sucesso

Rarok (Crinos) rolou 4D10 para iniciativa, Obtendo: 4-6-2-10 [Diff:6]
Resultado: 2 Sucesso

Daven gasta 1 Gnose e usa o Dom Espírito de Batalha (vence iniciativa)

Off: Zayrus você posta primeiro já que teve a menor iniciativa.


Shape shift, nose to the wind; Shape shift, feeling I have been; Move swift, all senses clean; Earth's gift; Back to the meaning of wolf and man. "Metallica - Of Wolf and Man".

Ficha de JJ Silver
avatar
LeoPrata
Admin
Admin

Mensagens : 1333
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  LeoPrata em Sex 31 Maio 2013 - 16:10

Jon White

Testes
Spoiler:

Jon rolou 3d10 para teste de carisma, Obtendo: 4-8-5 [Diff:3]
Resultado: 3 Sucessos

??? rolou 5d10 para Pasmar, Obtendo: 6-6-2-8-10 [Diff:6]
Resultado: 4 Sucessos

Jon fala aos lobos que se aproximam...

Sou Garras da Justiça, Presa de Prata, filodox, hominideo, cliath... antes de deixa-los finalizar sua caçada quero que me respondam que crime está mulher cometeu para merecer tal punição.

O lobo que havia ordenado que Jon se afasta-se muda de forma indo para glabro, logo depois fala...

??? - Os humanos da minha tribo me chamam de Crina de Prata, Arauto do Falcão, Lupino, também da tribo Presas de Prata e Adren. Esta mulher é uma parente dos Fianna e temos provas certas que em seu ventre tem uma criança de sangue amaldiçoado. Achávamos que todos os descendentes dos pictos estavam mortos, mais parece que ela encontrou o último e não sei como ainda conseguiu ajuda de um servo do antigo totem dos caídos. Ela rumava para o entreposto dos humanos quando a interceptamos, mais fomos atacados por vermes malditos e ela fugiu. Deixe ela conosco jovem e volte para os seus deveres.

O tratamento dos lupinos foi até bom, devido ao sangue puro e linhagem comn certeza sentido pelos seus irmãos de tribo, entretanto, Jon também se sentiu bastante impressionado com o Adren e não tem motivos para duvidar do que disse. O estranho é saber que seus irmãos e o entreposto foram atacados justamente quando a jovem estava naquela região.


Shape shift, nose to the wind; Shape shift, feeling I have been; Move swift, all senses clean; Earth's gift; Back to the meaning of wolf and man. "Metallica - Of Wolf and Man".

Ficha de JJ Silver
avatar
LeoPrata
Admin
Admin

Mensagens : 1333
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  LeoPrata em Sex 31 Maio 2013 - 16:50

Presa de Sangue

Testes
Spoiler:

Presa rolou 8d10 para mudar de forma, Obtendo: 4-2-2-5-10-3-7-9 [Diff:7]
Resultado: 3 Sucessos - Mudança quase instantânea.

Gasto 1 de Fúria e espera de um turno para usar mordida (caninos vermelhos)

Jogador perderá 1 turno extra para gastar Gnose e ativar Senso de Batalha.

Presa de Sangue e sua matilha se mantém apenas observando a situação, Não há outros espíritos próximos e não tem como saber se a criatura poderá convocar servos da Wyrm para o combate. Entretanto, o tempo é contra a matilha que apenas procura cercar a criatura, esta por sua vez se mantém atenta ao avanço lento da matilha. O ritual começa no mundo físico segundo o Theurge que a todo momento procura espiar o mundo físico. A criatura então grita alto...

??? - MALDITOOOOOO!!!!!!!!

O chão treme e um ar carregado de enxofre que sufoca o grupo pode ser sentido. Um buraco se abre e um tipo de "inseto" do tamanho de um Garou na forma de batalha surge. As pinças (garras) desta nova criatura brilham como o fogo de Luna e ela está mais próxima da matilha do que o outro ser que parece proteger o local do ritual.

Iniciativas
Spoiler:

Presa de Sangue rolou 4d10 para iniciativa, Obtendo: 5-1-10-8 [Diff:6]
Resultado: 1 Sucesso

Faro para o Invisível rolou 6d10 para iniciativa, Obtendo: 3-5-8-8-2-4 [Diff:6]
Resultado: 2 Sucessos

Uivo Gélido rolou 4d10 para iniciativa, Obtendo: 3-8-2-6 [Diff:6]
Resultado: 2 Sucessos

Morte Limpa rolou 7d10 para iniciativa, Obtendo: 8-3-8-10-6-5-2 [Diff:6]
Resultado: 4 Sucessos

Criatura 2 rolou 3d10 para iniciativa, Obtendo: 3-7-5 [Diff:6]
Resultado: 1 Sucesso

Criatura 2 irá atacar quem está mais próximo à ela, este é o próprio Presa de Sangue que vem liderando à matilha.

Off: Tony declara sua ação para gir junto com a criatura 2.


Shape shift, nose to the wind; Shape shift, feeling I have been; Move swift, all senses clean; Earth's gift; Back to the meaning of wolf and man. "Metallica - Of Wolf and Man".

Ficha de JJ Silver
avatar
LeoPrata
Admin
Admin

Mensagens : 1333
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  LeoPrata em Sex 31 Maio 2013 - 17:24

Oscar e Amora

Testes
Spoiler:


Amora gastou 1 de Fúria para ações extras e 1 de FDV para esquiva

Oscar gastou 1 de Fúria para ações extras

Oscar:

Eu à honro pelas suas ações e seu valor. Infelizmente você vem com o sem vontade.

Amora:

"Um Fenrir querendo brigar! Tudo que eu precisava! Mas honrarei a iniciativa dele!"

Oscar na sua forma imponente de hispo parte para cima de Amora que mesmo ferida aceita o desafio e procura ser rápida nas ações...

Iniciativa
Spoiler:


Oscar rolou 4d10 para iniciativa, Obtendo: 7-6-7-9 [Diff6]
Resultado: 4 Sucessos

Amora rolou 1d10 para iniciativa, Obtendo: 8 [Diff:6]
Resultado: 1 Sucesso

Amora se prepara para esquivar-se do golpe de Oscar, mais o Ahroun percebe a intenção de sua rival e avança com a mesma rapidez para poder golpeá-la.

Combate
Spoiler:

Oscar rolou 9d10 para ataque (patada), Obtendo: 10-1-7-4-8-4-2-7-9 [Diff:6]
Resultado: 4 Sucessos

Amora rolou 3d10 para esquiva, Obtendo: 2-6 [Diff:6]
Resultado: 2 Sucesso (1 de FDV sucesso automático)

Oscar rolou 6d10 para dano, Obtendo: 7-3-7-4-6-9 [Diff:6]
Resultado: 4 Sucesso

Amora rolou 4 d10 para absorção, Obtendo: 4-2-9-3 [Diff:8]
Resultado: 1 Sucesso

Amora tentou esquivar da patada do hispo, mais estava muito ferida e fraca e não foi capaz de tal feito, por outro lado Oscar derrubou sua rival com apenas uma patada fraca. Outros lobos logo se juntaram ao Ahroun parabenizando-o pela ação rápida e certeira. O Fostern Theurge também surge rápido no local e fala...

Theurge - Bom trabalho Oscar. Tragam-na para o lado oeste do Caern, encontramos um corpo de um bastardo e perto dele um poço. Devemos vigiar para ver se nada mais de estranho aparece.

Com essas palavras os demais Fenris começam a rumar para o lado oeste do Caern e Oscar sabe que a estadia no local será longa

Off: Amora está desacordada e ficará 4 turnos até voltar a si.


Shape shift, nose to the wind; Shape shift, feeling I have been; Move swift, all senses clean; Earth's gift; Back to the meaning of wolf and man. "Metallica - Of Wolf and Man".

Ficha de JJ Silver
avatar
LeoPrata
Admin
Admin

Mensagens : 1333
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  LeoPrata em Sex 31 Maio 2013 - 17:28

Amora

Amora cai em combate mais sua mente parece não parar. Ela começa a recordar de fatos antigos, talvez vividos por seu ancestral. Aquela situação nas terras do norte já teriam sido anunciadas em outras épocas por magos e feiticeiros da região, entretanto, eles não tiveram crédito. Amora vê na sua frente um ádito e dizeres em uma língua estranha, ela não sabe se é um sonho ou realidade, mais algo de estranha faz a Fenris querer ir adiante. Assim que a mesma cruza o ádito vê uma vasta planície e uma trilha fraca e encoberta de vegetação rasteira indo até uma cadeia de montanhas geladas ao norte.


Shape shift, nose to the wind; Shape shift, feeling I have been; Move swift, all senses clean; Earth's gift; Back to the meaning of wolf and man. "Metallica - Of Wolf and Man".

Ficha de JJ Silver
avatar
LeoPrata
Admin
Admin

Mensagens : 1333
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Ailor Grave em Sab 1 Jun 2013 - 14:34

Após derruba - lá apenas com um golpe, outros lobos chegaram ao local rapidamente e logo se juntaram a Oscar parabenizando-o pela ação rápida e certeira, enquanto o mesmo não esbolsava nenhuma feição de felicidade e apenas olhava para o corpo e pensava em como carrega a Cria desacordada.
O Fostern Theurge também surge rapidamente no local


Não há honra em abater uma presa já ferida, ela deve pode ter algo para dizer sobre esse local

Theurge - Bom trabalho Oscar. Tragam-na para o lado oeste do Caern, encontramos um corpo de um bastardo e perto dele um poço. Devemos vigiar para ver se nada mais de estranho aparece.

Nascido para Matança informa o que pode e depois toma a iniciativa de mudar sua forma para glabro

Ela pode nos contar o que sabe, por isso que a manteve viva,além é claro de sua presença, ela deve ser muito importante então não devemos a ferir, a levamos para lá, vigiamos a área e quando ela acordar, teremos o que queremos as respostas, se ela se recusar poderemos obrigá-la

Ele se põe de pé sobre ela, apenas a admirando de maneira fria, reformula seus pensamentos e se põe a carregar Brava Canção de Batalha

Tem sorte se fosse uma garou qualquer teríamos as respostas depois de arrancar alguns pedaços seus ou a faríamos escrava durante a busca e usaremos de seu corpo feminino para saciar os desejos da carne

Todos começam a rumar para o lado oeste do Caern e Oscar sabe que a estadia no local será longa, enquanto isso Oscar se aproxima de um Fenrir de mesmo posto mas que não possua uma linhagem como a sua, então ele diz para o Fenrir

Faça um pequeno grupo e traga água, leve um hominídeo e ele terá algo para por a água ( cantil), será importante para o grupo e a garota precisará para quando acordar também, mas traga uma que não esteja maculada

Ele sabe que a região pode ser perigosa e que nenhum Fenrir não sairia dali se não valesse o perigo, então ele incentiva os instintos do garou em questão

Pode ser perigoso um pequeno grupo andando por esta região, então tenha cuidado e estejam prontos para qualquer ataque

Fala
Ação
Pensamento
OFF
avatar
Ailor Grave
Moderador
Moderador

Mensagens : 514
Data de inscrição : 21/07/2012
Idade : 28
Localização : Rio Bonito RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Zayrus em Sab 1 Jun 2013 - 23:02

Gritos, vultos, movimentos rápidos e frases de impacto, podia sentir a adrenalina batendo em minha garganta como se quisesse explodir, sabia que teria um grande desafio pela frente, mas tinha certeza de como acabaria, sabia das minhas capacidades e os seres que guiavam meu corpo, eu não cairia de forma alguma naquele lugar, mas precisava ser rápido, mesmo que corvos não fossem animais que eu imaginasse como fortes, a mulher poderia ter afetado eles de alguma maneira, restava esperar que os guardas da caravana fossem protegidos por Deus enquanto eu me livrava daqueles insolentes.

Meus passos se tornam mais longos, a empunhadura da espada é feita por minhas duas mãos, agarrando assim a mesma firmemente, precisava interceptar a saída de Tempest do lugar, mas algo acontece. Dois de seus servos se apresentam à linha de batalha: -Por Deus... Por Gaia! O que é isso?- Eu não havia conseguido omitir minha surpresa, meu corpo se revigorava com o assumir de uma nova forma, sentia-me ainda mais forte mas aquilo me impediu de agir livremente. Ver um dos lobos assumindo a forma Crinos me chocou, aquilo não estava nos planos, a desconcentração é inevitável, não podia acreditar no que estava vendo, era um traidor?

Tentava recordar de algo relacionado aquele Maldito, enquanto pago por ter me permitido ser pego desprevinido. Percebo que as investidas dos bastardos haviam sido mais ligeiras do que eu havia conseguido raciocinar, mas retomo a postura de combate imediatamente, precisava ser rápido se quisesse sair vivo dali: -Bestas! Como podem? Avancem, e Deus não terá piedade em fazer de mim sua lâmina.- Imediatamente após minha frase me preparo para tentar aparar os golpes, meu foco era o Crinos, já que ele representava certamente mais problemas por hora.

-OFF
Spoiler:
Estou meio perdido quanto ao total de pontos de Fúria do personagem, então se estiver com 2 pontos gastarei apenas 1 para usar uma Ação Extra, se estiver com 3 gastarei 2, 1 para Ação Extra e outro para aitvação do Dom Rosnado do Juiz. Minhas duas ações serão defensivas, usando minha Manobra Especial com Armas Brancas: Aparar. Irei defender preferencialmente os ataques do Crinos, no entanto, se por qualquer razão receber mais de dois ataques irei dividir minha ação primária em Ações Múltiplas para tentar aparar os golpes, e se receber somente um golpe minha Ação Extra será um ataque com a espada.
avatar
Zayrus
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 250
Data de inscrição : 05/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Tony.Zefs em Dom 2 Jun 2013 - 22:51

Avançamos com cautela contra o inimigo desconhecido, mas o tempo não foi a nosso favor. O theurge informa que o ritual se inicia, no mesmo instante a criatura ruge para o alto.
Um cheiro de enxofre toma conta do ar e um buraco se forma na Umbra e uma espécie de criatura, semelhante aos insetos do mundo físico, sai dela.
Ela tem o tamanho de um Garou em forma de batalha, suas pinças tem o brilho semelhante ao fogo de Luna. Ele está a nossa frente, teremos que derrotar-lo para prosseguirmos.
Ela está a minha frente, avança para me atacar.
Queimo a minha fúria para agir mais livremente e me posicionar de forma a me esquivar do seu ataque e poder utilizar as minhas garras para rasgar o seu corpo.

Testes
Spoiler:
Gasto de dois pontos de fúria.
1 - Esquiva ataque da criatura
2 - Esquiva Caso seja alvo de 2º Ataque ou Ataque de Garras caso não seja atacado.
3 - Ataque de Garras


Narração
Minha Fala
Pensamento


                                                                                                         

Neal Schmitt -  Domador de Aranhas - Andarilho do Asfalto - Hominideo - Ragabash

Presa de Sangue - Garra Vermelha - Lupino - Arhoun

Oliver Queen - Parente Fianna - Socio da Alpha Moon
avatar
Tony.Zefs
Moderador
Moderador

Mensagens : 540
Data de inscrição : 25/09/2012
Idade : 29
Localização : Casa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Maldição de Mac-Dhurbam

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum